Novembro 9, 2019

Matheus Pozatti entrou na Roda Minas Santo trazendo sua experiência de vida com os Guerreiros do Coração. O trabalho, que vivenciaremos com ele na Roda Minas Santo 2018, está em sintonia e harmonia com o trabalho que experimentaremos com as queridas focalizadoras Lucía Stopper e Cláudia Del Catillo, que ancoram a face do Feminino.

Matheus nos diz: “A dança nos permite expressar a harmonia do movimento. Cada símbolo despertado no corpo dá continência a arquétipos particulares de nossa consciência. A eterna busca de dar espaço para todas as partes do nosso Ser, sem que nenhuma precise se sobrepor a outra.Na dança coexistem os opostos juntos, mas não confundidos. Cada aspecto tem seu papel fundamental quando buscamos a inteireza: nem só pensamento, nem só sentimento, nem só intuição, nem só sensação, nem só masculino, nem só feminino.

Na dança podemos buscar o centro deste Ser inteiro que ao reconhecer todas as suas possibilidades pode acolher e lidar melhor com o masculino e o feminino em si, nas suas relações e no mundo do qual é parte.Este trabalho visa movimentar diferentes arquétipos do masculino profundo. A cada dança um novo convite. Para que o encontro deste masculino com o feminino nos guie para uma maior inteireza do Ser”.

Matheus Costa Pozatti é Focalizador de Danças Circulares Sagradas.

Psicólogo com extensão em Estudos Avançados em Psicologia Transpessoal.

Facilitador de TEAC (Técnicas em Estados Ampliados de Consciência.)

Facilitador de grupos de Vivência Transpessoal. Astrólogo.

Facilitador de grupos de homens do movimento Guerreiros do Coração.

Roda de encerramento com o Grupo SemeiaDança. Muitos motivos para agradecer e celebrar!