Novembro 24, 2015 O grupo universitário e para-folclórico ANDORA esteve no II Encontro Minas Santo & Espírito das Gerais. Fez uma linda apresentação na abertura! Mais uma vez Minas Gerais e Espírito Santo se juntam: grupo capixaba coordenado pelo professor e coreógrafo mineiro Antonio Carlos Moraes.  Abaixo um “tantinho” da força e beleza desse grupo: A Cia de Dança Andora – UFES, também denominada Grupo Para-folclórico Andora, é fruto de um projeto de ensino, pesquisa e extensão da Universidade Federal do Espírito Santo, sediado no Centro de Educação Física e Desportos. Tem como objetivo a formação de professores para atuação direta no ensino do folclore em escolas e comunidades do estado do Espírito Santo. Nesse sentido, o grupo é um dos braços ilustrativos do método de formação adotado pelo projeto, promovendo a pesquisa nas comunidades, nas festas e apresentações; tratando os dados em laboratórios e oficinas, produzindo o material didático, e sistematizando as danças e as apresentando em eventos de oportunidade social e cultural. A produção é registrada, armazenada e colocada à disposição pública, com objetivo de preservação, resgate e divulgação do patrimônio imaterial destas manifestações. A partir de 2008 assumiu o papel de expandir o conhecimento acerca do Folclore e da Cultura Popular, para além das fronteiras da universidade, dentre os quais destacamos a participação no IX Congresso Brasileiro de Folclore, em Vitória, em 2009. Quatro participações no Festival de Folclore de Olímpia (SP), de 2010 à 2013. Nos anos de 2012 e 2014, a Cia de Dança Andora UFES representou o Brasil no Festival Internacional de Folclore de Almeirim, em Portugal e apresentação, no mês de abril e 2012, na Universidade de Strasbourg, França. Honrou a bandeira do Espírito Santo representando o Estado no XI Festival Internacional de Folclore de Passo Fundo, no Rio Grande do Sul (2012) e no II Festival Internacional de Folclore do Ceará (2013). Em junho de 2014 fez apresentações em Manaus (AM) onde integrou a programação cultural da copa do mundo de futebol. Por ser um grupo universitário e para-folclórico, seu repertório é bastante diversificado e se estende por diversas regiões do Brasil. Para os eventos em território brasileiro, o grupo privilegia peças relativas ao Folclore do Estado do Espírito Santo. Temos orgulho em apresentar o Congo Capixaba, o som dos pandeiros e dos tambores do Ticumbi, O Jongo de São Benedito, O Bate-Flexa, além das figuras lendárias do estado como Boi Pintadinho, João Bananeira, Palhaço da Folia, Mulher do Jongo, O Pássaro de Fogo etc. Atualmente a Cia de Dança Andora é constituída por 24 membros, entre músicos, dançarinos e equipe técnica. Trata-se de participação aberta à comunidade inteira e externa ao campus universitário. No momento é composto em sua maioria, de estudantes de graduação e pós-graduação e professores da Universidade Federal e da rede de Educação Básica do Espírito Santo. https://youtu.be/9pHa7IabS88