De volta para casa após o encontro de Danças Circulares Minas Santo eu só conseguia sentir gratidão pela vida. Olhando para a beleza desse céu, cuidadosamente desenhado pela mãe natureza senti as lágrimas lavarem a alma.
Eu vivi um sonho e me entreguei a ele com vontade de saborear cada momento. Um verdadeiro presente que o Universo fez chegar até mim pelo coração generoso da querida Marcia Schubert a quem serei eternamente grata.
Eu me senti em família, em casa, acolhida e cuidada. Eu só conseguia sentir e presenciar amor sendo esparramado por todo canto. Em cada olhar, sorriso e detalhe ele estava lá, íntegro, inteiro, forte!
Que presente conhecer essas três mulheres lindas, Fatima Aguirre Ramos Lize de Block e Terezinha Rosetti. E as meninas da equipe? Um encanto! Zelosas, amorosas e atentas.
Eu vivi um sonho que chegou em forma de presente, que me fez surpresa, me colocou em movimento, me fez vencer medos, avançar e crescer um pouco mais.
Gratidão aos focalizadores que nos conduziram por novos caminhos, aos amigos de sempre e aos novos amigos que fiz.
Que as bençãos desse céu acompanhe cada um de vocês que fizeram desse encontro um lugar de beleza e bem querer.
Voltei com meus horizontes ampliados e com o coração pleno.
Gratidão! Gratidão! Gratidão!